quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Andréia Magalhães, inimiga Nº 1 da CPTM

<SAMSUNG DIGITAL CAMERA> Quem anda de trem em São Paulo sabe perfeitamente que a CPTM é um lixo e que o serviço deveria ser substituído por balsas, pois assim não seriam incapazes de trabalhar em dias de chuva e atrapalhar a vida de milhares de passageiros que dependem dessa porcaria para trabalhar.

Ontem foi a minha vez de sentir na pele o descaso das amebas que são destinadas a servir a população, as 17:40 hrs pediram para tds os passageiros desembarcarem na Estação Utinga pois a donzela do trem havia dado pane por causa da chuva e para ajudar a estação ficou alagada em questão de minutos impossibilitando qualquer trem de passar pela estação.

Eu, indignada por ter que perder a aula do curso que tanto amo fui até o funcionário da CPTM e falei alto para todos me ouvirem que queria o dinheiro de volta, critiquei o serviço e ainda disse que eles não estavam ali para fazer favor nem dar esmola para ninguém, estão ali para lucrar então tem a obrigação de satisfazer o cliente, falei mais ou menos o seguinte: "Pega o estoque de bilhete aí que eu te ajudo a distribuir, vai ter que reembolsar todo mundo! não sou otária e meu suor tem valor!" eles resistiram, tentaram me convencer a sair da estação, os passageiros me chamaram de "Dilma" e os funcionários de  "agitadora" mas adivinha quem resistiu até o fim e ganhou o que queria?

Não só eu, mas fui de ponta a ponta mostrando o meu bilhete e aconselhando os passageiros a irem retirar o bilhete de reembolso também e todos conseguiram. Certamente a estação fechou o dia em déficit e a administração sentirá no bolso que são incompetentes e precisam mudar. Quando mudei de plataforma para esperar o trem de volta para casa tds estavam quietos e conformados com a situação, pagaram por um serviço que não receberam e estavam satisfeitos em voltar para casa com o prejuízo. Como eu sempre falo, brasileiro é tudo bunda mole mesmo...

Que horas o trem voltou a funcionar? As 23:30 hrs, extremamente lotado e todo mundo morrendo de fome e sede, da próxima além do reembolso eu vou pedir café e água para todo mundo...

Para terem uma ideia, esse video foi gravado ontem na estação vizinha:

Humor: Decepcionada

Ouvindo:  Alanis Morissette – Guerilla Radio (Rage Against the Machine Cover)

15 comentários:

Tibérius disse...

AEEE!!!!!!
Grande amiga Andréia!!!!!
Isso ai, se "todos querem ficar de boa" e conformados, NÓS não queremos.
Bjo linda... Muito bom!!!!
Ae galera, chega de frouxidão, tá na hora de abrir a boca PRA FALAR... pra bocejar, já basta a vida...
Valeu querida!!!!

Thiago disse...

Oi Andrea, foi o Jeff Anderson que recomendou seu blog.

Parabéns pela ação, eu costumo fazer esse tipo de coisa e a adrenalina é grande, porque se o pau comer, eu sou baixinho e magrelo e apanho até de gafanhoto...mas nasci no ano do Dragão e tendo a achar que cuspo fogo e voo por cima das cabeças hehe

Hoje uso quase diariamente o site Reclame Aqui (www.reclameaqui.com.br) para registrar queixas de serviços públicos e privados. Vejo que a tendência já é das pessoas descerem o pau em prefeituras, ANAC's, CPTM, DERSA e assim por diante...ou seja, aos poucos vejo a sociedade deixando de ser bunda mole - porque é mesmo, com certeza.

Mas sugiro que você use o site para registrar livremente e gratuitamente essas ações, porque ele indexa muito bem no Google, não apaga, organiza e dá uma nota final pro serviço da CPTM.

Se a CPTM não responde, fica lá constando a pasmaceira.

Abs

Thiago

Uakari disse...

Parabéns pela iniciativa. Quem tem boca vaia Roma.

Juliana De disse...

Parabéns pela atitude! Nem todo mundo tem essa coragem (eu não sei se teria), mas temos que ver que não fazemos nada além de reclamar pelos nossos direitos.
E se um governo assume o comando de uma cidade e um país tem que arcar com suas responsabilidades. Li essa frase em algum lugar "prefeito, governador, presidente não é alguém pra se fazer carinho". É isso aí, continue assim! Vamos nos mobilizar.

Srtª Elis° disse...

Bravoooo garota ..srs e dessas pessoas que necessitamos na sociedade e imaginar que milhares de pessoas sentarm e vontaram para suas residencias com mais um apenas ocorriod infortunuo brasileiro e de se indignar.....ahaha
E isso ai griteeee bem alto antes que td isso aqui ** bressiiis*** exploda....!!!
Um xero minha flor!

_DC disse...

Teu blog é sensacional !!!! Gostei mto daqui.Mto mesmo!

Augusto Fernandes Sales disse...

UFA, ainda bem que nesse dia eu estava de folga.

Moça, estou há pouco mais de duas semanas trabalhando naquela estação e há menos de dois meses na CPTM. É pouco tempo, portanto meu ponto de vista ainda é mais de usuário do que de funcionário (e pretendo ficar assim por um boooom tempo).

Sem dúvida, você tem razão na maior parte da sua raiva. Depois do meu primeiro dia na estação, na volta pra casa, o trem em que eu estava (na linha 12) quebrou por volta da meia-noite, a três estações de onde eu desembarco. Fiquei p%*t*, sem dúvida. Cheguei em casa depois da uma da manhã e meu pai foi me buscar de carro na estação (o que eu não gosto muito, detesto depender dos outros). O maquinista saiu (meio sem graça) e passou pelos passageiros que desembarcaram. Ouvi um deles dizer, baixinho: "A culpa nem é dele".
Aí é que está meu ponto de vista. Eu também fiquei f*%#* com a empresa. É cruel você chegar atrasado no trabalho ou na faculdade, mas é mais cruel ainda chegar mais tarde EM CASA por causa do transporte público. MESMO ASSIM, embora fiquemos todos p*%&s, não podemos despejar nosso emputecimento (???) em cima dos funcionários que não têm nada a ver com o problema. A empresa, talvez, mereça as reclamações.
Eu não estava lá nesse dia da enchente, mas ouvi dizer que a coisa foi feia em toda a linha 10. Sem dúvida, nós, funcionários pequenos (peões, se preferir) também usamos os mesmos trens pra voltar pra casa e somos prejudicados da mesma forma. A infra-estrutura (com ou sem hífem?) dos trens não é de responsabilidade NENHUMA nossa, funcionários da estação. Aliás, sei lá de quem é.

Quando esse tipo de coisa acontece (problemas com o transporte público), além de ficar furioso com a empresa (seja ela qual for), também fico bravo comigo mesmo por não ter sido competente o suficiente pra comprar um carro, moto ou coisa parecida. E, se fosse o caso, será que não seria mais difícil enfrentar a enchente nas ruas?

A verdade é essa: ultimamente, quando chove, há problemas para todos. E há os que tentam resolvê-los da maior maneira possível. Há os que reclamam (você e eu).

Esse tipo de ação da sua parte (na estação) é bem parecido quando ligamos para reclamar no SAC das empresas: soltamos os cachorros pra cima do funcionário de telemarketing que nos atende quando o responsável pelo problema é a empresa. Ou não.

De qualquer forma, o que me passaram daquele dia da enchente foi o seguinte: os trilhos do trem encheram de água (se eu estivesse lá, teria tirado foto com meu celular, sem dúvida) e atingiram a parte de baixo dos trens, onde ficam os equipamentos elétricos. Já dá pra prever o que aconteceu, né?

Bom, é isso. Já falei demais por hoje.

Também tenho um blog. Se quiser dar uma olhada, o endereço é:

gatosmucky.blogspot.com

Abraço, garota.

(P.S.: Encontrei o seu blog totalmente por acaso. Estava pesquisando fotos da estação para completar um post que fiz sobre alguns assaltos que estão ocorrendo lá perto... e sobre ninguém fazer nada a respeito)

Andréia disse...

olá! vlw pelo comentário e entendo o seu ponto de vista.

Acontece que meu objetivo não era dificultar a vida dos funcionários nem mesmo descontar a minha raiva neles, porém, queria acima de tudo pesar financeiramente sobre o sistema e por isso persuadi o reembolso. eu comeci falando manso, amavel e delicada, não ofendi nenhum pessoalmente, n usei palavrões nem ameacei ninguem só fui firme no meu argumento. se eu pago por isso, se os funcionários pagam por isso tolerando gente doida (como eu) e tbm chegam tarde em casa pq o sistema não pode sentir o peso tbm? eles vão fechar o dia contabilizando a nossa grana? nem em sonho!

e eu imagino que o fato de vc ficar puto por não ter um carro reflete alguma outra insegurança que você tem com a sua vida. eu não me sinto obrigada a andar de carro por ai e msm tendo um na garagem acredito que seja direito meu optar por um transporte publico se me der vontade pois o msm existe para me servir.

outro ponto é que como citado no post é obrigação da empresa oferecer um serviço que seja compativel com a situação climática da cidadade assim como tbm é responsabilidade do governo de criar vergonha na cara e fazer algo para resolver isso mas já que os que detém o poder de fazer não o fazem eu que tenho o de reclamar (já que pago) vou me calar tbm?

acho que não!


bom, a cptm deveria treinar os funcionário para casos assim. em alguns momentos os passageiros estavam tentando tombar o trem mas se a cptm fosse no minimo inteligente já preveria uma ação de fazer os passageiros se sentirem respeitados como o reembolso automático e lanches e agua pra quem ficar cerca de 6 HORAS ilhado esperando.

Andréia disse...

ah, e outro detalhe..

o descaso e tão grande que o site reclameaqui tem inumeras reclamações e nenhuma resposta por parte da cptm..pq será?

Augusto Fernandes Sales disse...

Sei lá.

XHugolrX disse...

PARABENS PELA SUA ATITUDE, É ISSO QUE ESTA FALTANDO NO BRASILEIRO.
AINDA HA ESPERANÇA

Kennedy Lucas disse...

puts, sou um buda mole mesmo.
que merda.
que isso sirva de lição pra nós.
é foda depender de quem nao ta nem ai pros seus clientes. querem saber só quanto ta faturando.

Parabens Déia!

Nabo disse...

Parabéns!
Gostei de ler sobre isso.
Legal saber que existem outras pessoas assim :)

Augusto Fernandes Sales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mensagens Evangélicas disse...

Viva a Dilma, viva a agitadora rs rs rs
Muitas vezes entendemos que a pessoa que esta prestando servico para nos esta prestando um favor quando na verdade isso não é a realidade. Um prestador de servico deve faze-lo com excelencia pois você esta pagando nao importa se um real ou um milhao não é favor é servico!